25.9.08

Ela sentou na cama, as lágrimas rolavam sem que ela pudesse evitar. Ela já não sabia mais o que fazer, o fim estava cada vez mais próximo e era impossível evitar.
As coisas já não eram mais as mesmas de a 2 anos atrás, antes tudo era lindo, não haviam brigas, as coisas eram pequenas, hoje qualquer coisa era motivo de briga, hoje eles não se suportavam mais, eram dois estranhos na mesma casa, na mesma cama.
Ela olhou a mesinha ao lado da cama a procura de algum calmante, algum remédio que a dopasse por algum tempo. Algum? Porque não pra sempre?
Ele chegou em casa bêbado, depois daquela briga horrorosa ele decidiu sair com os amigos pra beber e agora chegava esperando não encontrá-la acordada. Mal sabia ele que nunca mais a veria acordada na vida.



Apesar do texto pesado e dramático estou extremamente feliz!
Beijos a todos

7 comentários:

  1. Esse texto é realmente triste, mais ao mesmo tempo é lindo, uma lição de vida. Te adoroo Lud! Beiiiiijoooo

    ResponderExcluir
  2. rsrs..
    da uma boa letra de musica
    aeuhaeuhuae
    bjjjjju

    ResponderExcluir
  3. ficou lindo irmã...
    larga a psicologia e vira escritora!
    rsrsrs
    beeeeeeeeiiijos

    ResponderExcluir
  4. ui q texto pesado.
    lembrei de uma coisa.
    ;x

    beijos gatona da dinda.

    ResponderExcluir
  5. Gostei do texto, embora textos em 3a pessoa traduzam muito mais o pensamento do autor que quando ele fala diretamente de si mesmo... gostei daqui!
    Mas como assim vc me viu lá no Mulé Burra? Acho que faz tempão que comentei lá.. adooooro aquele site, morro de rir, as autoras são superinteligentes! =)
    Bjos!

    ResponderExcluir